Home

livros

música

agenda

aus deutschen verlagen

temas e estudos

setembro / september
2004

angola

brasil

cabo verde

guiné-bissau

moçambique

portugal

são tomé
e príncipe

timor lorosae

bestellen

suchen

impressum

home

tfm-online


Gonçalo M. Tavares
Um homem: Klaus Klump

136 páginas
Editorial Caminho 2003

Em tempo de guerra não há conversas, apenas informações. Frases rápidas e curtas.


Sétima obra de Gonçalo M. Tavares. Cenário de guerra, de devastação. Um país é invadido, destruído. Até a música é instrumento de agressão: nas ruas soam composições da força invasora, aniquilando os seus habitantes. A resistência torna todos os homens fortes, porque o medo passa a ter um papel secundário.

A violência está nos episódios narrados, mas também na linguagem seca e avitaminada com que se desenrola todo o livro. Sem diálogos, sem adjectivos: a guerra e a humilhação dos mais fracos minimizam o colorido das palavras, assimilam os substantivos, os factos.

O amor torna-se algo estranho, que não se consegue separar da violência. Durante a guerra, os seres vão sendo desprovidos de emoções, tentando sobreviver, apenas, uns resistindo, outros resignando-se. O que restará depois da guerra, que sentimentos virão à tona, que nação ressurgirá das ruínas sociais?

Com Gonçalo M. Tavares, nascido em 1970, agitam-se as águas da mais recente literatura portuguesa. Revisão da condição humana, da ambição e da resistência, em apenas 136 páginas.

Belém Barbosa

Todos os livros e CDs apresentados na novacultura estão disponíveis na Alemanha através do TFM-Centro do Livro e do Disco de Língua portuguesa: http://www.TFMonline.de

Gonçalo M. Tavares nasceu em 1970. Em Dezembro de 2001 publicou a sua primeira obra: Livro da dança, na Assírio e Alvim.

Recebeu o Prémio Branquinho da Fonseca da Fundação Calouste Gulbenkian e do jornal Expresso com a obra O Senhor Valéry (publicado na Editorial Caminho em 2002) e o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, com Investigações. Novalis (Difel).

Publicou O homem ou é tonto ou é mulher e A colher de Samuel Beckett e outros textos, ambos na Campo das Letras e adaptados para teatro.

Em 2003 publicou O Senhor Henri , o romance Um homem: Klaus Klump, e A máquina de Joseph Walser (2004) na Editorial Caminho.


Obras disponíveis:
O Senhor Valéry (2002)
A Colher de Samuel Beckett e Outros Textos (2002)
O Homem ou é Tonto ou é Mulher (2002)
– Investigações. Novalis (2002)
– O Senhor Henri
 (2003)
Biblioteca (2004)
– A máquina de Joseph Walser (2004)


nova cultura (issn 1439-3077) www.novacultura.de
© 2004 Michael Kegler, sternstraße 2, 65719 hofheim / novacultura@gmx.de

TFM-Zentrum für Bücher und Schallplatten in portugiesischer Sprache www.tfm-online.de
disclaimer / Haftungsausschluss