Home

livros

música

agenda

aus deutschen verlagen

temas e estudos

janeiro / januar
2006

angola

brasil

cabo verde

guiné-bissau

moçambique

portugal

são tomé
e príncipe

timor lorosae

bestellen

suchen

impressum

home

tfm-online


Dulce Maria Cardoso: Os meus sentimentosDulce Maria Cardoso
Os meus sentimentos
350 páginas
Asa 2005

Desesperada e bêbada, Violeta, a protagonista deste segundo romance de Dulce Maria Cardoso, provoca um acidente de automóvel e morre. Na sua memória moribunda passa, de forma multifacetada, a vida que Violeta levou – e que a levou, até ai …

As feridas pessoais da protagonista com o nome tão "kitsch" (nome de flor, mas não Rosa), as suas grandes desilusões de uma vida altamente frustrada intercalam-se, neste romance, com os horrores de um quotidiano cujos grotescos brutais às vezes nem aparecem, de tanto habituais que eles nos são: Violeta vende cosmética a donas de casa, a sua filha vende – faz passar pela caixa de registo – tudo o que as pessoas compram no hipermercado em que trabalha. O ambiente é este. A vida.

Mas há também os sonhos, que também têm a ver com as grandes linhas históricas, traçadas a partir do 25 de Abril, mas também com amor e paixão, sexualidade – sonhos da adolescência frustrados em relações fracassadas. Tal como os sonhos de uma outra sociedade se esbarraram nas muralhas de um establishment que permaneceu, nos seus mofados valores, e de cuja herança pessoal em forma de uma casa antiga, Violeta finalmente se conseguira livrar – um dia antes de sua própria morte …

Para além disto, desta estória traumatizante, o livro lê-se como um grande poema, tecendo as memórias, os pensamentos, os sentimentos de Violeta, como se ela tivesse duas vozes – a narrar uma só estória, que por sua vez se compõe por dezenas de cenas, vozes, flashs e memórias: A protagonista a sonhar a sua própria morte, a sua própria vida, a realidade, o próprio sonho.

Há poucos livros, em que a inovação estética se combina tão perfeitamente com uma lucidez esplêndida na narrativa e uma análise aguda e dolorosa das mentiras com que dia a dia fingimos sobreviver.

Dos livros que li em 2005, com grande certeza o melhor e o que mais me impressionou!

mk

Todos os livros e CDs apresentados na novacultura estão disponíveis na Alemanha através do TFM-Centro do Livro e do Disco de Língua portuguesa: http://www.TFMonline.de

Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás-os-Montes, em 1964, na mesma cama onde haviam nascido a mãe e a avó. Tem pena de não se lembrar da viagem no Vera Cruz para Angola. Da infância guarda a sombra generosa de uma mangueira que existia no quintal, o mar e o espaço que lhe moldou a alma. Regressou a Portugal na ponte aérea de 1975. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, escreveu argumentos para cinema, gastou tempo em inutilidades. Também escreveu contos. Tem fé, uma família, um punhado de amigos, o Blui e o Clude. Continua a escrever e a prezar inutilidades. Vive em Lisboa.

O seu romance de estreia, Campo de Sangue, publicado em 2002 e escrito com o apoio de uma Bolsa de Criação Literária do Ministério da Cultura, foi distinguido com o Grande Prémio Acontece de Romance e encontra-se traduzido em França. Os respectivos direitos foram também adquiridos para a América Latina e Espanha, e para o Brasil.

Os meus Sentimentos é o seu segundo romance.


Leia também:
«Escrevo sobre a morte para celebrar a vida» – 3 perguntas a Dulce Maria Cardoso
Ouça:
Uma entrevista a Carlos Vaz Marques (TSF)


nova cultura (issn 1439-3077) www.novacultura.de
© 2005 Michael Kegler, sternstraße 2, 65719 hofheim / novacultura@gmx.de

TFM-Zentrum für Bücher und Schallplatten in portugiesischer Sprache www.tfm-online.de
disclaimer / Haftungsausschluss