nova cultura

livros

musica

eventos

aus deutschen verlagen

publicações científicas

novembro / november
2001

angola

brasil

cabo verde

guiné-bissau

moçambique

portugal

são tomé
e príncipe

timor lorosae

bestellen

suchen

impressum

home

tfm-online



história do pensamento filosófico Pedro Calafate:
História do pensamento filosófico português.
Vol. III: As Luzes


Editorial Caminho
502 páginas,

DM 80,--



O volume terceiro da História do Pensamento Filosófico Português é dedicado à filosofia das «Luzes», abrangendo com maior intensidade o final do reinado de D. João V e o consulado pombalino. Nele se estuda a dinâmica da ilustração portuguesa, as suas confluências com o pensamento europeu da época e as suas especificidades, evidenciando uma maior proximidade com o chamado iluminismo italiano.

Contrariamente ao que sucedeu com os anteriores volumes, não fazemos aqui uma abordagem individualizada por autor, mas um estudo amplo das grandes unidades temáticas das Luzes: a «filosofia da história», marcando o triunfo dos «modernos» sobre os «antigos» num contexto de afirmação do eclectismo; a «filosofia política», veiculando os ideais do despotismo esclarecido como variante do Estado absoluto; a «filosofia jurídica», mediante a abertura aos grandes temas do direito natural moderno; a «ética», postulando o ideal de autonomia da razão perante a moral revelada, embora num contexto de necessária harmonização; o «pensamento económico», no contexto do mercantilismo e da fisiocracia; o amplo «conceito de filosofia» mediante o qual se afirma o recuo da metafísica e o triunfo da física experimental de raiz newtoniana; a «estética do neoclassicismo» associada ao triunfo do geometrismo e à condenação do barroco seiscentista; a «lógica», sobretudo no quadro da teoria das ideias e da teorização do conceito de método que tanta importância teria na condenação das práticas pedagógicas da Companhia de Jesus; a «conciliação entre a ciência e a religião», mediante a formulação de uma física teológica que do conhecimento das coisas criadas conduz ao conhecimento dos atributos do Criador; as polémicas sobre o «estatuto do acaso e do milagre» no âmbito do conceito de natureza e, finalmente, a intensidade de uma «apologética» que não deu espaço à afirmação do deísmo e do materialismo. São estes os principais temas aqui estudados, de modo simultaneamente aprofundado e sintético.

(informação da editora)



Também disponível:
História do pensamento filosófico português, vol. I: Idade Média, DM 80,--
História do pensamento filosófico português, vol. II, DM 80,--
História do pensamento filosófico português, vol. V: Século XX
(tomo 1), DM 75,--, (tomo 2), DM 75,--

mais livros em novembro
Ana Saldanha:
Como outro qualquer

Mia Couto:
O gato e o escuro

Germano Almeida:
As memórias de um espírito


Traquina/Cabrera/Ponte/Santos:
O jornalismo português em análise de casos


nova cultura (issn 1439-3077) www.novacultura.de
© 2001 Michael Kegler, sternstraße 2, 65719 hofheim / novacultura@gmx.de

TFM-Zentrum für Bücher und Schallplatten in portugiesischer Sprache www.tfm-online.de
disclaimer / Haftungsausschluss